web site hit counter Encyclopedia of Weird Westerns: Supernatural and Science Fiction Elements in Novels, Pulps, Comics, Films, Television and Games - Ebooks PDF Online
Hot Best Seller

Encyclopedia of Weird Westerns: Supernatural and Science Fiction Elements in Novels, Pulps, Comics, Films, Television and Games

Availability: Ready to download

From automatons to zombies, many fantastic elements have been cross-pollinated with the western genre. This A-to-Z encyclopedia of the Weird Western covers film, television, animation, dime novels, pulp fiction, comic books, novels, short stories and video and role-playing games.


Compare

From automatons to zombies, many fantastic elements have been cross-pollinated with the western genre. This A-to-Z encyclopedia of the Weird Western covers film, television, animation, dime novels, pulp fiction, comic books, novels, short stories and video and role-playing games.

43 review for Encyclopedia of Weird Westerns: Supernatural and Science Fiction Elements in Novels, Pulps, Comics, Films, Television and Games

  1. 4 out of 5

    Marcelo Galvão

    Para muitos, o faroeste é um gênero literário e cinematográfico que está com o pé na cova já faz algum tempo - afinal, a sua Era de Ouro acabou por volta dos anos 70 e, tirando um filme ou outro que é premiado (caso de Os Imperdoáveis), o western não tem tanta relevância nestes dias. Mas existe um subgênero que mostra a possibilidade do faroeste não se prender a um cenário específico (Estados Unidos) ou época (século XIX), como mostra Paul Green na sua Encyclopedia of Weird Westerns: Para muitos, o faroeste é um gênero literário e cinematográfico que está com o pé na cova já faz algum tempo - afinal, a sua Era de Ouro acabou por volta dos anos 70 e, tirando um filme ou outro que é premiado (caso de Os Imperdoáveis), o western não tem tanta relevância nestes dias. Mas existe um subgênero que mostra a possibilidade do faroeste não se prender a um cenário específico (Estados Unidos) ou época (século XIX), como mostra Paul Green na sua Encyclopedia of Weird Westerns: Supernatural and Science Fiction Elements in Novels, Pulps, Comics, Films, Television and Games (McFarland & Co). Green - um quadrinista britânico entusiasta de faroestes - pretendeu catalogar toda a produção disponível em seis tipos. Assim, temos o Weird Western puro (aquele com a presença do sobrenatural e fantasia, o que inclui vampiros, fantasmas, zumbis etc.), Weird Menace (tramas sobrenaturais, mas com uma explicação racional por trás), Science Fiction Western (tramas com temas ou elementos sci-fi, como tecnologia avançada ou extraterrestre), Space Western (histórias no espaço com elementos ou temas do faroeste), Steampunk (presença da tecnologia retrofuturista vitoriana) e Weird Western Romance (tramas românticas em um cenário do Velho Oeste envolvendo viajantes do tempo, espíritos, anjos etc.). Como se vê, é uma definição bem ampla e que garante vários exemplos. Depois de uma longa - e inicialmente tediosa - introdução para mostrar as origens do faroeste, Green dispõe o material de A a Z, com ano de lançamento, categoria (literatura, revista pulp, filme, série de TV, programa de rádio, desenho animado, HQ, game, RPG) e informações adicionais. Além disso, o livro traz também entradas para autores importantes do gênero como Edward Ellis (pioneiro da ficção científica americana com seu The Steam Man of Prairies, lançado em 1868), Joe R. Lansdale, Robert E. Howard, entre outros. Ainda que o objetivo de Green fosse abranger todo tipo de weird west, existe uma ênfase nos quadrinhos, com verbetes mais elaborados e ilustrações (principalmente de material europeu), algo que não ocorre tanto com filmes e seriados para TV (muitos contando apenas com elenco e uma sinopse burocrática). Enquanto na categoria de desenhos animados existe uma prevalência de animes de ficção científica (caso de Cowboy Bebop), no RPG é quase uma catalogação do premiado jogo Deadlands e suas inúmeras expansões e derivados. Já na literatura, Green mostra que o gênero data do século XIX, marcando presença primeiro em dime novels e depois nos pulps do século seguinte. Alguns dos artigos trazem nomes de velhos conhecidos da cultura pop, caso do personagem Jonah Hex ou da série televisiva (e depois filme) The Wild Wild West. Outros podem até não ser obscuros mas são definitivamente bizarros, fazendo jus ao gênero, caso de Cannibal! The Musical, filme que mistura canibalismo, índios japoneses e números musicais no Velho Oeste, ou do livro steampunk Zeppelins West, de Joe R. Lansdale, no qual Buffalo Bill - ou melhor, a sua cabeça conservada numa jarra com uísque e urina de porco - procura pelo Monstro de Frankenstein para assim descobrir um jeito de unir-se a um novo corpo, numa história que tem ainda a presença de Wild Bill Hickok, Annie Oakley, Touro Sentado, Capitão Nemo, Dr. Moreau, entre outros. Outra curiosidade é que Green mostra que existe produção cinematográfica bizarra não só em alguns spaghetti western da Itália, mas também no México, como a série El Jinete sin Cabeza, ou na Dinamarca, com a animação de fantoches Zombie Western: It came from the West. O ponto negativo do livro fica por conta do preço alto para uma publicação sem capa dura e com ilustrações em preto e branco. Também chama a atenção que Green cite alguns exemplos extremos - como o mangá Solar Boy Django, uma trama de vampiros na qual a única ligação com o western são os nomes dos personagens (Django, Sabata etc.) - que parecem ter o propósito apenas de aumentar o número de páginas do livro. Ainda assim, é uma obra que vale a pena para os aficionados ou mesmo curiosos. A edição avaliada é de 2009, ou seja, não possuía entradas de trabalhos mais recentes, como os quadrinhos Vampiro Americano ou a expansão Undead Nightmare do aclamado game Red Dead Redemption, porém, Green lançou uma segunda edição atualizada em 2016.

  2. 5 out of 5

    Hank

    Good book. I found a handful of omissions, but nonetheless a great resource.

  3. 4 out of 5

    Rozonda

    I had lots of fun with this book. I'm a big fan of Westerns, but haven't seen much of the weird kind- that is, films, series, comics and books of the western genre that included sci-fi or fantasy elements. Even so, I recognized quite a few of the series and films included and learned a lot. Both as a reference book or as a book read for fun, this encyclopedia is a great discovery.

  4. 4 out of 5

    Ben Ostrander

  5. 5 out of 5

    Edward Erdelac

  6. 4 out of 5

    Brett Keniston

  7. 4 out of 5

    David Lewis

  8. 4 out of 5

    Jamie Rosen

  9. 5 out of 5

    Nona

  10. 4 out of 5

    Ty Beard

  11. 5 out of 5

    Craig

  12. 4 out of 5

    Jon Nelson

  13. 4 out of 5

    Kym Malycha

  14. 4 out of 5

    John

  15. 5 out of 5

    Caleb Courtney

  16. 4 out of 5

    Alec McDonald

  17. 5 out of 5

    Robert Smith

  18. 5 out of 5

    Travis D Rodgers

  19. 4 out of 5

    Paul

  20. 4 out of 5

    Tomáš Knapko

  21. 4 out of 5

    Shawn

  22. 4 out of 5

    Dan Shaurette

  23. 5 out of 5

    John

  24. 5 out of 5

    McFarland

  25. 5 out of 5

    Michael Fierce

  26. 4 out of 5

    Wikimedia Italia

  27. 4 out of 5

    Jason Manford

  28. 5 out of 5

    John Conway

  29. 5 out of 5

    Maude

  30. 5 out of 5

    Michał Kłosowski

  31. 4 out of 5

    Robert Kent

  32. 4 out of 5

    Amanda

  33. 5 out of 5

    Debora Byrum

  34. 4 out of 5

    Ted

  35. 4 out of 5

    Álvaro

  36. 4 out of 5

    Steve_long

  37. 5 out of 5

    Carrie

  38. 5 out of 5

    Samantha Gronberg

  39. 5 out of 5

    David Pollison

  40. 4 out of 5

    Kristen Cesario

  41. 5 out of 5

    Deidre

  42. 5 out of 5

    Ashley

  43. 5 out of 5

    Scott Schmidt

Add a review

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading...
We use cookies to give you the best online experience. By using our website you agree to our use of cookies in accordance with our cookie policy.