web site hit counter Horror na Colina de Darrington - Ebooks PDF Online
Hot Best Seller

Horror na Colina de Darrington

Availability: Ready to download

Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil. No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga que abriga mistérios e parece próxima do inferno. D Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil. No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga que abriga mistérios e parece próxima do inferno. Dez anos depois, Ben decide contar tudo o que viveu, desvendando uma conspiração capaz de destruir até a sua própria sanidade. Onde termina o inferno e começa a realidade?


Compare

Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil. No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga que abriga mistérios e parece próxima do inferno. D Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil. No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga que abriga mistérios e parece próxima do inferno. Dez anos depois, Ben decide contar tudo o que viveu, desvendando uma conspiração capaz de destruir até a sua própria sanidade. Onde termina o inferno e começa a realidade?

30 review for Horror na Colina de Darrington

  1. 5 out of 5

    Leitor Nerd

    Primeiro de tudo, o livro não é ruim. O autor cumpre o que promete: um livro onde a cena se sobressai ao enredo. E é realmente envolvente. Por mais que eu não tenha gostado tanto, não consegui largar. Fiquei preso até a última página na esperança de algo bom acontecer. E talvez não tenha gostado tanto justamente por não estar acostumado a ler coisas tão diretas assim, sem muitas explicações. Realmente parece que a gente tá lendo o roteiro de um filme, pois as cenas não são detalhadas, elas apenas Primeiro de tudo, o livro não é ruim. O autor cumpre o que promete: um livro onde a cena se sobressai ao enredo. E é realmente envolvente. Por mais que eu não tenha gostado tanto, não consegui largar. Fiquei preso até a última página na esperança de algo bom acontecer. E talvez não tenha gostado tanto justamente por não estar acostumado a ler coisas tão diretas assim, sem muitas explicações. Realmente parece que a gente tá lendo o roteiro de um filme, pois as cenas não são detalhadas, elas apenas são descritas de forma objetiva. O que também me incomodou um pouco foi o livro, mesmo sendo nacional, se passar nos EUA. Não é algo que atrapalha a história, mas ele poderia facilmente se passar no interior de qualquer estado brasileiro. O projeto gráfico que a Faro produziu foi bem feito. As ilustrações ajudam a criar e manter a atmosfera macabra e aterrorizante que é presente durante o livro todo. O final foi aceitável, mas meu amigo Miro, dO Bibliomaníaco me disse que teremos respostas na continuação, mas que não é tão bom quanto o primeiro. Então como eu não gostei tanto assim do primeiro, não sei se estou disposto a ler o segundo.

  2. 4 out of 5

    Melissa Quezado

    Bem legal o livro, mesmo! Mas já quero saber a continuação...

  3. 5 out of 5

    Eduardo Fernandes

    É um livro "méeee". Aquela coisa do "come-se... Não percebo, sinceramente, porque é que as personagens são todas americanas se o autor é brasieliro. Dá um tom meio pedante ao livro. A estória em si é "OK, já vi algo assim em algum lugar". O final é muuuito fraquinho. Fica parecendo série de TV no último episódio da temporada. Como eu explique, lê-se. É um livro "méeee". Aquela coisa do "come-se... Não percebo, sinceramente, porque é que as personagens são todas americanas se o autor é brasieliro. Dá um tom meio pedante ao livro. A estória em si é "OK, já vi algo assim em algum lugar". O final é muuuito fraquinho. Fica parecendo série de TV no último episódio da temporada. Como eu explique, lê-se.

  4. 4 out of 5

    lesterista

    3,5*

  5. 4 out of 5

    Elton Menezes

    Um bom final pra uma história mediana...

  6. 4 out of 5

    Maxson Lopes

    Aguardando ansiosamente a continuação!!! Leitura rápida, envolvente. Muitas vezes me senti preso nessa casa tbm!! Adorei!

  7. 4 out of 5

    Bernard Pereira

    This review has been hidden because it contains spoilers. To view it, click here. Livro bom de ler, texto muito fluido. Não tem grandes reviravoltas !

  8. 5 out of 5

    Caroline Sá

    Não me impressionou muito, poderia ter um desenvolvimento maior, mas o plot em si é extremamente criativo e atrativo

  9. 4 out of 5

    Vinícius Veloso

    Entendi a proposta do autor em criar uma história em que a cena se sobressaísse ao enredo. Entretanto, a despeito do ritmo frenético, a história deixou a desejar. Mediano, no máximo.

  10. 5 out of 5

    Erika Neves

    Comprei esse livro sem saber absolutamente nada sobre a história. Apenas pela capa e pelo preço e devo admitir que me surpreendi de forma bastante positiva. A começar pela linda edição com as páginas pretas e pelas ilustrações que complementam a história. O livro conta a história de Benjamin Simons, que está internado em um manicômio e é de lá que ele vai nos contra a história, que ocorreu 11 anos antes. Quando ele tinha 17 anos foi morar com os tios, já que sua tia se encontra em um estado veget Comprei esse livro sem saber absolutamente nada sobre a história. Apenas pela capa e pelo preço e devo admitir que me surpreendi de forma bastante positiva. A começar pela linda edição com as páginas pretas e pelas ilustrações que complementam a história. O livro conta a história de Benjamin Simons, que está internado em um manicômio e é de lá que ele vai nos contra a história, que ocorreu 11 anos antes. Quando ele tinha 17 anos foi morar com os tios, já que sua tia se encontra em um estado vegetativo e o tio trabalha o dia inteiro. A prima Amanda está na faculdade e a outra prima, Carla, é uma criança, que precisa de alguém para cuidar dela. Logo no primeiro dia, Ben percebe que tem alguma coisa de errado na casa, já que claramente Carla tem visões de fantasmas. Mas isso é apenas o começo de um terrível pesadelo, que literalmente levará Ben a loucura. A história é super envolvente, do começo ao fim do livro, que tranquilamente dá pra ler em uma sentada. Entretanto, com exceção do primeiro capítulo, que me deixou arrepiada, o livro não provoca medo ao longo dos capítulos restantes. Mas tensão tem pra dar e vender. Fiquei o tempo todo extremamente apreensiva à espera do que ia acontecer e tentando descobrir o que levou Bem a um hospício.Além disso, o relato é todo complementado com reportagens, arquivos da polícia, prontuários do manicômio o faz com a imersão seja maior. Infelizmente, a obra falha terrivelmente em sua ambientação nos EUA. Em nenhum momento me senti em uma cidade pequena dos Estados Unidos, pq o autor não se aprofundou completamente nos hábitos e costumes do estilo de vida americano. Um exemplo, em determinado momento, Bem fala que Amanda passou no vestibular entre os primeiros lugares. Mas nos Estados Unidos não existe vestibular e muito menos uma classificação para que a pessoa entre na faculdade. E ao longo do livro, existem diversos pequenos exemplos como esse que demonstram uma falta de pesquisa do autor. Pra mim, a história se passa no interior de SP, mas com nomes em inglês. Isso porém não tira os méritos do livro, recheado de mistérios que com certeza irão prender a atenção do leitor.

  11. 4 out of 5

    Priscila Assis

    Hoje vou falar sobre um livro de terror/suspense que foi bem bacana ler, e já falei sobre ele aqui no Instagram. Sim, estou falando do livro Horror na Colina Darrington do Marcus Barcelos com a Faro Editorial. Esse é um gênero que eu menos leio, mas aos poucos estou mudando isso, pois estou pegando o gosto gênero. Mas, vou parar de enrolação e vou falar sobre a história: . Esse livro traz a história de Benjamin Simons. Ben viveu toda a sua vida em um orfanato, mas em determinado ano ele teve que s Hoje vou falar sobre um livro de terror/suspense que foi bem bacana ler, e já falei sobre ele aqui no Instagram. Sim, estou falando do livro Horror na Colina Darrington do Marcus Barcelos com a Faro Editorial. Esse é um gênero que eu menos leio, mas aos poucos estou mudando isso, pois estou pegando o gosto gênero. Mas, vou parar de enrolação e vou falar sobre a história: . Esse livro traz a história de Benjamin Simons. Ben viveu toda a sua vida em um orfanato, mas em determinado ano ele teve que sair para ajudar a sua tia, que estava muito doente, a cuidar de sua prima Carla. E enquanto ele esteve na casa, coisas muito estranhas acontecem e todos correm um grande perigo. . A experiência da leitura desse livro, foi bem bacana e fiquei bem chocada com todo o desenrolar da história. Mas o mais bacana desse livro, além da história claro, são as ilustrações que ajudam a compor toda a história no imaginário. E isso é muito bacana. Confesso que fiquei bem apaixonada pela edição, que tem as bordas pretas e uma diagramação muito excelente. A escrita do autor é muito envolvente e extremamente cativante, que faz o leitor não querer largar o livro até o seu fim. E essa história tem a sua continua em Dança na Escuridão, e estou louca para saber como Ben está depois do que aconteceu nesse livro. . Enfim, recomendo a leitura desse livro!!

  12. 4 out of 5

    Kerollyn Camargo

    Não esperava que ia seguir da forma que se seguiu, mas eu amei a história, li em uma sentada e foi super rápido e envolvente. Por um momento pensei mesmo que ele tava louco e não passava de frutos da mente

  13. 5 out of 5

    Michela

  14. 5 out of 5

    Karina Fukuda

  15. 4 out of 5

    Ariel

  16. 5 out of 5

    Raphael Rostaizer

  17. 4 out of 5

    Júlia Mogk

  18. 4 out of 5

    Gabriela Teixeira

  19. 4 out of 5

    Aliany Carlott

  20. 4 out of 5

    Maria Clara

  21. 4 out of 5

    Thai Weber

  22. 5 out of 5

    Camila Gimenez

  23. 4 out of 5

    Roberta Santos

  24. 4 out of 5

    Robson Gabriel

  25. 4 out of 5

    Manuella

  26. 5 out of 5

    Renato Siqueira Conde Nogueira

  27. 5 out of 5

    Anna Banterlli

  28. 5 out of 5

    Matheus Martins

  29. 5 out of 5

    Raphael Machado

  30. 4 out of 5

    Gabriela Santos

Add a review

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading...
We use cookies to give you the best online experience. By using our website you agree to our use of cookies in accordance with our cookie policy.